[R-br] Duvida sobre tipos de categoria e análise estatística aplicável 2

classic Classic list List threaded Threaded
2 messages Options
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[R-br] Duvida sobre tipos de categoria e análise estatística aplicável 2

R-br mailing list
Prezado Cesar
Obrigado pelo esclarecimento.
Abordar a questão como você fez é a melhor resposta que podia ter tido.

Sou da área de humanas, tenho trabalhado com o texto:
PADUA, Jorge. Tecnicas de investigacion aplicadas a las ciencias sociales. 6a reimpressão - Cidade do Mexico: FCE, 1979.
É um livro bem exaustivo para as tecnicas aplicáveis no âmbito das Ciências Humanas. Em seu capítulo IX o autor correlaciona categorias e testes estatisticos.
Entretanto, dada a idade do texto, eu procurava algum embasamento mais atualizado.
Agora acredito que continua um bom guia para orientar nossas atividades.
Att.
Alexandre

_______________________________________________
R-br mailing list
[hidden email]
https://listas.inf.ufpr.br/cgi-bin/mailman/listinfo/r-br
Leia o guia de postagem (http://www.leg.ufpr.br/r-br-guia) e forne�a c�digo m�nimo reproduz�vel.
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

Re: [R-br] Duvida sobre tipos de categoria e análise estatística aplicável 2

R-br mailing list
Prezado Alexandre,

De fato, frente à idade do texto, é prudente observar se algo de mais novo pode aplicar-se à sua área de conhecimento.

SE sua obra tiver apenas quatro escalas (nominal, ordinal, intervalar, e razão [racional]), pode ser que os questionamentos modernos lhe venham a ajudar quando enfrentando o mundo real. Por exemplo: a contagem de itens se encaixa em qual das quatro escalas acima?

Note que durante muitos anos houve debate se o número de filhos [média de] podia ou não ser um número fracionário!

Ainda hoje profissionais de saúde relutam e calcular o número de batimentos cardíacos por minuto com frações. . .¹

Em Ciências Sociais há um segundo aspecto, a saber, que algumas "medidas" são feitas por instrumentos (questionários e critério de pontuação) onde mesmo a variável parecendo de uma classe ela pode não ter sentido quando aplicada as classificações de Stevens e as "operações permitidas" nelas.

Numa hipotética escala de "angústia" com aquecimento global, onde 1 seria pouco ou nada e 5 muito ou totalmente preocupado, qual seria a interpretação que uma amostra da população X tem um escore médio de Angústia de 3,21 ± 0,17 ?

Ainda nessa questão de instrumentos há aqueles que após chegar a um escore o classificam dando nomes a faixas de valores, destarte dando mesmo valor a questões do instrumento (pergunta do questionário) diferentes. . .

Os textos sobre esse assunto já se espraiam por um século, com referências de 1924 ao presente!

Alguns títulos mostram bem os limites da discussão : « Measurement Scales and Statistics: Resurgence of an Old Misconception », Gaito, J., Psychological Bulletin 87(3):564-567, maio de 1980. « Measurement Scales and Statistics: A clash of paradigms. », MIchell. J., Psychological Bulletin 100(3), 398-407, novembro de 1986.

Em resumo, há mais que apenas o tipo percebido da escala e os testes estatísticos aplicáveis e mais no processo de onde os dados são gerados e a modelagem estatística do fenômeno em estudo.

HTH
--
Cesar Rabak



[1] Comunicação pessoal, Curso de Bioestatística Unifesp.

On Mon, May 20, 2019 at 9:48 AM Tropicalnet por (R-br) <[hidden email]> wrote:
Prezado Cesar
Obrigado pelo esclarecimento.
Abordar a questão como você fez é a melhor resposta que podia ter tido.

Sou da área de humanas, tenho trabalhado com o texto:
PADUA, Jorge. Tecnicas de investigacion aplicadas a las ciencias sociales. 6a reimpressão - Cidade do Mexico: FCE, 1979.
É um livro bem exaustivo para as tecnicas aplicáveis no âmbito das Ciências Humanas. Em seu capítulo IX o autor correlaciona categorias e testes estatisticos.
Entretanto, dada a idade do texto, eu procurava algum embasamento mais atualizado.
Agora acredito que continua um bom guia para orientar nossas atividades.
Att.
Alexandre
_______________________________________________
R-br mailing list
[hidden email]
https://listas.inf.ufpr.br/cgi-bin/mailman/listinfo/r-br
Leia o guia de postagem (http://www.leg.ufpr.br/r-br-guia) e forneça código mínimo reproduzível.

_______________________________________________
R-br mailing list
[hidden email]
https://listas.inf.ufpr.br/cgi-bin/mailman/listinfo/r-br
Leia o guia de postagem (http://www.leg.ufpr.br/r-br-guia) e forne�a c�digo m�nimo reproduz�vel.